Não gosto de trabalhar em equipe, e agora?

Não gosto de trabalhar em equipe, e agora?

imagine que você está em busca de um (novo) emprego ou de novos clientes (e tudo bem se você está passando por isso neste exato momento). Você já reparou que muitas empresas procuram por pessoas que além da formação acadêmica, tenham espírito de liderança, sejam extrovertidas, saibam trabalhar em equipe etc etc, mas embora não admita, você sente que no fundo isso não é pra você, afinal você não sabe ou simplesmente não gosta de trabalhar em equipe?

Clique aqui e leia o artigo “Vergonha, você?”. Ah: na entrevista que fiz com o Salvio Rizzato, ele fala um pouco sobre esse mito do ideal da  extroversão, que acabou virando um livro. Clique aqui e confira!

Pois é, apesar de esse ser o ideal do que muitas empresas enxergam como qualidade (e a grande mídia tenta impor isso através dos anúncios das próprias empresas), saiba de uma coisa: a sua capacidade de trabalhar sozinho pode gerar infinitamente muito mais resultado para você e para o seu cliente (ou empregador) do que se você fosse trabalhar dentro desse estereótipo que tentam impor a você, mas antes eu gostaria de propor a você um teste. Pegue papel e caneta para avaliar os seu perfil. A pontuação vai se dar da seguinte forma:

  • 3 pontos – para “quase sempre”
  • 2 pontos – para “muitas vezes”
  • 1 ponto – para “poucas vezes”
  • Nenhum ponto – para “quase nunca”

Saiba muito mais sobre esse assunto no meu curso on line “Enfim, Desempregado” clicando aqui! Veja o que a Karina e o Moisés têm a dizer sobre ele:

Clique aqui e saiba mais sobre o Enfim, Desempregado e claro: faça, que acontece!!

Os 4 posts mais visto até agora