Trabalhar de graça – como tirar proveito disso?

Você já foi chamado para trabalhar de graça?

Eu tive uma experiência, onde fui chamado para trabalhar de graça, apenas para mostrar o meu trabalho e eu gostaria de compartilhar e tudo bem se você não atua como consultor (clique aqui e saiba como eu posso ajudá-lo com minha consultoria). Pode ser que você seja um artista, um profissional liberal ou qualquer outro tipo de profissional que possa se encaixar nessa experiência, mas é fundamental que, caso se proponha a trabalhar de graça para por exemplo, “mostrar o seu trabalho”,  você tenha como carta na manga dois itens indispensáveis: um small chunk (clique aqui e saiba mais) e a escassez!

Clique aqui e saiba sobre o preço de quem paga e de quem recebe barato!

O mesmo se aplica à internet

Eu já falei sobre algumas ferramentas que você pode utilizar para ajudar na produção dos seus conteúdos (clique aqui e saiba mais), agora claro, muito cuidado para não ser um vendedor chato com a Síndrome de Walking Dead, hein.

Clique aqui para se cadastrar gratuitamente para saber mais e claro, faça, que acontece!

O que o Olintho tem a dizer sobre o meu trabalho:

Clique aqui e saiba mais como eu posso ajudá-lo a vender (melhor) os seus produtos e serviços!

 

 

Os 4 posts mais visto até agora