Dá para viver de música?

Dá para viver de música?

Antes de falar se dá para viver de música ou não, lembre-se daquela pergunta que seus pais faziam quando você era pequeno: “o que você quer ser quando crescer?”.

Bom, essa é uma das perguntas mais comuns que os nossos pais e professores nos fazem quando somos crianças e o mais fantástico é que falamos com muita propriedade sobre aquela carreira que pretendemos seguir, mesmo porque eles chegam a dar o apoio moral e, em alguns casos, até mesmo financeiro para que possamos nos dedicar a determinadas áreas, sendo que dentre elas, eu prefiro focar, para este artigo, aquelas de cunho artístico, como música, desenho, pintura, dança, etc.

Clique aqui e saiba mais sobre o meu curso DNA Criativo!

Putz, a gente cresce!

O tempo passa e, conforme vamos crescendo as coisas começam a mudar. Conforme eu já falei na publicação “Poetas Mortos”, a cobrança para termos uma profissão “que dê dinheiro” aumenta e é daí que aquela pergunta de livre resposta perde espaço para a obrigação de escolher segmentos como medicina, direito, etc. Menos artista, afinal é uma profissão que “não dá dinheiro” e pronto: aos poucos aquela criança começa a refletir sobre a possibilidade de cometer suicídio profissional, para que possa encarar a responsabilidade e a obrigação de ser “adulta”.

Isso é melhor! Não, aquilo outro é que é!

Chega a maioridade começam a surgir inúmeras formas de ganhar a vida (segundo outras pessoas), inclusive eu já falei aqui algumas dicas sobre qual o ramo que dá mais dinheiro e aí começam a aparecer inúmeros “especialistas” em fazer as mais variadas recomendações: estude para entrar em uma faculdade, estude para ser funcionário público, tenha um negócio próprio, trabalhe com marketing multinível, seja um afiliado, seja um produtor, seja artista, seja político, etc.

Ufa! Já deu pra perceber do quão estamos fartos de tantas opções, né? Só tem um porém: por trás desse mundo promissor de gente que chegou “lá”  existem coisas que são meio invisíveis aos olhos de quem quer alcançar o sucesso fácil. Eis algumas: persistência, solidão, renúncias, aprendizado, erros, decepções, perda de dinheiro, perda de tempo, pessoas que aparecem com “promessas melhores”, pessoas que torcem contra, networking, superação, aprendizado, evolução, etc.

Leia “o sucesso dos outros e a sua tolice”!

Basta ter talento! Ah, tá!

Um dos maiores problemas que eu vejo em quem, por exemplo, resolveu viver de música, é achar que basta ter o talento de cantar ou tocar um instrumento e pronto! No artigo “música x dinheiro” eu falo mais sobre isso, mas empenhe-se em ter noções básicas de como o dinheiro funciona – quanto mais cedo descobrir, você vai perceber sobre inúmeras oportunidades de se rentabilizar através do seu talento. Empenhe-se em conhecer pessoas e ferramentas que ajudem-no a ser melhor no que faz, pois, por incrível que pareça, às vezes uma simples questão de comportamento podem contribuir para o seu sucesso, da mesma forma que podem prejudicar o seu projeto de vida. Clique aqui e saiba por que você está aonde está!

Os velhos não têm esse direito

Lembre-se: as oportunidades não são vistas com os olhos, mas com a mente! Se você tem receio de mergulhar de cabeça na música, vá devagar, mas se possível, comece o quanto antes (quanto mais jovem melhor), pois quando tem suas despesas custeadas por alguém (pais, tios, irmãos, etc.) você tem um direito que nem todos possuem quando ficam mais velhos e o nome disso é “direito de errar”. Una-se a quem está fazendo a coisa acontecer, cobre pelo seu trabalho, mas também separe uma reserva para poder fazer o seu dinheiro trabalhar pra você. Por outro lado, aprenda a pensar fora da caixinha, leia sempre coisas que edifiquem o seu intelecto, as suas crenças, a sua mente e claro, as suas finanças.

Conclusão

Eu não estou dizendo que isso seja algo fácil, mas acredito pelo menos ao ter a consciência desses fatores você já vai ter um gás a mais para correr atrás daquilo que você realmente quer para si. Pensando nisso, eu gostaria de apresentar um grande achado para você que é cantor(a) solo ou tem uma banda!

Clique aqui e saiba como o meu brother Vinícius Soares tem ajudado artistas de todo o Brasil a conquistarem uma carreira sólida, com retorno financeiro no mundo do Music Business! Sim, música também é trabalho e requer muito além de talento. Você precisa conhecer estratégias e ferramentas para levar o seu negócio para um nível mais elevado. Clicando aqui agora você terá logo de cará um vídeo especial onde ele fala sobre as novas tendências de mercado.

Clique aqui para ouvir o que o Vinícius tem a dizer a você, quer quer viver de música, abra a mente e sempre: faça, que acontece!

Sobre o Vinícius

Fotos Vinícius Soares Blog Rafael FreireVinicius Soares é músico, compositor e empreendedor. Está à frente da Palco Digital, agência de consultoria para músicos independentes e realiza palestras pelo Brasil com foco em planejamento de carreira musical.

Ganhou o Prêmio Profissionais da Música, um dos maiores reconhecimentos da categoria e mantém uma comunidade online com mais de 50.000 músicos brasileiros e estrangeiros.

Uma de suas principais atividades é compartilhar conhecimento e experiência sobre geração de receita no mercado musical através das novas tecnologias, tema que já ajudou diretamente mais de 2.000 músicos e compositores através de seus treinamentos on line.

Clique aqui agora para assistir à série especial e gratuita dele!

O que o André tem a dizer sobre o meu trabalho:

Clique aqui e faça, como o André! Comece a ganhar dinheiro vendendo os seus conhecimentos!

Os 4 posts mais visto até agora